Estádio São Sebastião

O "Campo do Radium"

Fachada do Estádio São Sebastião                            

Abaixo, fotos da construção do novo estádio. 1 - Vista da preparação do gramado do Estádio São Sebastião. Ao lado, o barranco onde foram construídas as arquibancadas. 2 - Vista do terreno da frente do Estádio e da Praça, hoje denominada "Pacífico Costa Lima. 3 - Construção dos túneis dos vestiários, com acesso ao campo. 4 - Início da construção da fachada do Estádio. 5 - Vista do gramado em 25/03/1966.

Estádio da Vila Mariana (Caixa D'água)

Depois de sua Fundação, o Radium precisava de um Estádio para realizar seus jogos e treinamentos. O local escolhido ficava situado no bairro da Vila Mariana, onde encontra-se hoje a sede da Sabesp de Mococa. Conquistado o ítulo da Segunda Divisão, o Radium se viu forçado, por exigência da FPF, a reformar o Estádio. Com essas reformas o estádio passaria a comportar no mínimo 12.000 pessoas. Ganhou vestiários, túneis e sanitários. Com as reformas realizadas em tempo recorde (2 meses), o novo Estádio da Vila Mariana foi entregue em 24 de maio de 1951, quatro dias antes do início do Campeonato. Nesse período já se iniciavam as obras do novo Estádio, em um terreno doado pelo Sr. Chico Piscina. 

Estádio Olimpico São Sebastião

O Estádio São Sebastião recebe esse nome em homenagem ao patrono da Cidade de Mococa. Construído na década de 50, em um terreno doado pelo inesquecível Sr. Chico Piscina, o Olimpico, como é chamado, abriga cerca de 8.900 torcedores. Seu gramado com dimensões de 117m x 70,5m, ainda não recebeu os grandes clubes do Futebol brasileiro em jogos oficiais, pois a única vez que o Verdão disputou a série principal do Paulistão, os jogos eram realizados no Estádio Caixa d'Água, na Vila Mariana, onde se encontra hoje a sede da Sabesp. O Estádio Olimpico de São Sebastião fica situado á Praça Pacífico Costa Lima, s/nº, na Vila Quintino.

Equipe responsável pela construção do Estádio: (da esquerda para a direita); Dr. Luis Antônio Fernandes Dias,  Benedito Loureiro,  Sidnei dos Santos,  Roque Prícoli,  Batista Scarparo,  Siguifrido Jardim e  Prof. Jorge Castro Ribeiro. Foto Tirada em Março de 1964.





Celebração da missa comemorativa ao lançamento da pedra fundamental da construção do Estádio, celebrada pelo mocoquense Padre Paulo de Souza. Missa campal realizada em 15 de Agosto de 1964.